Espiritismo Educação Recursos Ajuda Serviços
Estudos
Salas de Estudo      O Livro dos Espíritos      O Evangelho      A Gênese
O Livro dos Médiuns      Série André Luiz      Educar      Família      
Home > O Evangelho
As Três Revelações (Estudo 5 de 135)

       

-------------------------------------------------------------------
EESE005b - Cap. I - Itens 1 a 7
Tema: As Tres Revelacoes
-------------------------------------------------------------------

A - Texto de Apoio:

* Nao penseis que eu tenha vindo destruir a lei ou os profetas: nao os vim
destruir, mas cumpri-los: - porquanto, em verdade vos digo que o ceu e a
Terra nao passarao, sem que tudo o que se acha na lei esteja perfeitamente
cumprido, enquanto reste um unico iota e um unico ponto. (S. MATEUS, cap. V,
vv. 17 e 18.)

* Na lei moisaica, ha duas partes distintas: a lei de Deus, promulgada no
monte Sinai, e a lei civil ou disciplinar, decretada por Moises. Uma e
invariavel; a outra, apropriada aos costumes e ao carater do povo, se
modifica com o tempo.

* Todas as outras sao leis que Moises decretou, obrigado que se via a
conter, pelo temor, um povo de seu natural turbulento e indisciplinado, no
qual tinha ele de combater arraigados abusos e preconceitos, adquiridos
durante a escravidao do Egito. Para imprimir autoridade as suas leis, houve
de lhes atribuir origem divina, conforme o fizeram todos os legisladores dos
povos primitivos.

* Jesus nao veio destruir a lei, isto e, a lei de Deus; veio cumpri-la, isto
e, desenvolve-la, dar-lhe o verdadeiro sentido e adapta-la ao grau de
adiantamento dos homens.

* Mas, o papel de Jesus nao foi o de um simples legislador moralista, tendo
por exclusiva autoridade a sua palavra. Cabia-lhe dar cumprimento as
profecias que lhe anunciaram o advento; a autoridade lhe vinha da natureza
excepcional do seu Espirito e da sua missao divina. Ele viera ensinar aos
homens que a verdadeira vida nao e a que transcorre na Terra e sim a que e
vivida no reino dos ceus; viera ensinar-lhes o caminho que a esse reino
conduz, os meios de eles se reconciliarem com Deus e de pressentirem esses
meios na marcha
das coisas por vir, para a realizacao dos destinos humanos. Entretanto, nao
disse tudo, limitando-se, respeito a muitos pontos, a lancar o germen de
verdades que, segundo ele proprio o declarou, ainda nao podiam ser
compreendidas.

* O Espiritismo e a ciencia nova que vem revelar aos homens, por meio de
provas irrecusaveis, a existencia e a natureza do mundo espiritual e as suas
relacoes com o mundo corporeo. Ele no-lo mostra, nao mais como coisa
sobrenatural, porem, ao contrario, como uma das forcas vivas e sem cessar
atuantes da Natureza, como a fonte de uma imensidade de fenomenos ate hoje
incompreendidos e, por isso, relegados para o domino do fantastico e do
maravilhoso.

* Assim como o Cristo disse: "Nao vim destruir a lei, porem cumpri-la",
tambem o Espiritismo diz: "Nao venho destruir a lei crista, mas dar-lhe
execucao." Nada ensina em contrario ao que ensinou o Cristo; mas,
desenvolve, completa e explica, em termos claros e para toda gente, o que
foi dito apenas sob forma alegorica. Vem cumprir, nos tempos preditos, o que
o Cristo anunciou e preparar a realizacao das coisas futuras. Ele e, pois,
obra do Cristo, que preside, conforme igualmente o anunciou, a regeneracao
que se opera e prepara o reino de Deus na Terra.

B - Questao para estudo e dialogo virtual:

1 - Faça uma paralelo entre as Tres Revelacoes.
  Conclusão deste estudo 
1998-2015 | CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo