Espiritismo Educação Recursos Ajuda Serviços
Estudos
Salas de Estudo      O Livro dos Espíritos      O Evangelho      A Gênese
O Livro dos Médiuns      Série André Luiz      Educar      Família      
Home > A Gênese
Teoria da projeção (itens 1 a 2) (Estudo 55 de 136)

       

1.- Dentre as teorias que explicam a origem da Terra, a de Buffon alcançou grande notoriedade em determinada época,
não só pelo respeito que o seu autor desfrutava no mundo científico, como também por não se saber, naquele tempo,
mais do que ele disse.

2.- Segundo Buffon, movendo-se os planetas na mesma direção, do ocidente para o oriente e no mesmo plano, a
percorrer órbitas cuja inclinação não passa de sete graus, teriam eles sido postos em movimento pela mesma causa.
Formulou, então, a hipótese de que a Terra, assim como os demais planetas à época conhecidos, teria surgido em
conseqüência do choque de um cometa com o sol, provocando o destacamento de uma porção deste, que, projetada
no espaço pela sua violência, se dividiu em fragmentos. Esses fragmentos vieram a formar os planetas, que
continuaram a se mover circularmente, pela combinação das forças centrífuga e centrípeta, no sentido dado pela
direção do choque.

3.- Os planetas seriam, assim, partes da substância incandescente do Sol e, por conseguinte, também teriam sido incandescentes, em sua origem. Levaram para se resfriarem e consolidarem um tempo proporcional aos seus volumes
e, quando a temperatura o permitiu a vida lhes desponto na superfície.
4.- Ainda segundo essa teoria, em virtude do gradual abaixamento do calor central, a Terra chegaria, num certo tempo,
a um estado de resfriamento completo, que começaria pelos pólos e, pouco a pouco, atingiria todas as regiões do
globo. Esse resfriamento congelaria toda a sua massa líquida e faria desaparecer todo o ar, fenômenos que tornariam
impossível a vida no planeta, cujos seres iriam diminuindo até desaparecerem. Tal, segundo Buffon, o estado atual da
Lua, que, menor do que a Terra, seria hoje um mundo extinto, do qual a vida se acha para sempre excluída. O próprio
Sol viria a ter, afinal, a mesma sorte. Segundo seus cálculos, a Terra teria gastado cerca de 74.000 anos para chegar
à temperatura atual e, em 93.000 anos, toda a Natureza organizada seria extinta.

5.- Diante do progresso do conhecimento trazido pela Ciência, a teoria da projeção, formulada por Buffon, está quase
que totalmente descartada, porque:

1º) Acreditava-se, à época, que os cometas eram corpos sólidos, cujo encontro com um planeta poderia ocasionar a
destruição deste. Nesse caso, a teoria de Buffon nada teria de improvável. Hoje, porém, sabe-se que os cometas são
formados de uma matéria gasosa, suficientemente rarefeita para que se possam perceber estrelas de grandeza média
através de seus núcleos. Nessas condições, oferecendo menos resistência do que o Sol, impossível é que, num
choque violento com este, eles sejam capazes de arremessar ao longe qualquer porção da massa solar.

2º) A natureza do Sol é também objeto de estudo. A ciência tende a admitir que seja um globo composto de matéria
sólida, cercado de uma atmosfera luminosa, que não se acha em contato com a superfície. Não seria, pois, uma
massa incandescente, mas, sim, nebulosa, o que derrubaria a teoria de Buffon.

3º) Ao tempo de Buffon, somente se conheciam seis planetas: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter e Saturno.
Descobriram-se, depois, outros, três dos quais - Juno, Ceres e Palas - localizados entre as órbitas de Júpiter e Marte,
têm suas órbitas inclinadas de 13, 10 e 34 graus, o que não concorda com um movimento único de projeção.

4º) Com a descoberta por Fourier da lei do decrescimento do calor, constatou-se ser inexato o cálculo de Buffon de
que a Terra teria levado 74.000 anos para se resfriar. Hoje, calcula-se que o tempo de resfriamento do planeta durou
alguns milhões de anos.

5º) O cálculo de Buffon considerou apenas o calor central da Terra, sem levar em conta o dos raios solares. A
ciência atual comprova que, há muito tempo, o calor interno do globo contribui com uma parcela insignificante para a
temperatura de sua superfície. As variações dessa temperatura são devidas à ação permanente e preponderante do
calor solar. Para que a Terra se tornasse inabitável devido ao seu resfriamento, necessária seria a extinção do Sol.


QUESTÕES PARA ESTUDO

a) Como teria sido formada a Terra, segundo a teoria da projeção?

b) Por que maneira a ciência rejeita esta teoria, segundo a qual a Terra não poderia ter sido formada por uma parte destacada do Sol, em função do choque provocado por um cometa?


c) Com relação ao resfriamento da Terra e à extinção da vida no planeta, podemos considerar que a ciência atual confirma o pensamento de Kardec a respeito da Teoria de Buffon?



  Conclusão deste estudo 
1998-2015 | CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo