Espiritismo Educação Recursos Ajuda Serviços
Estudos
Salas de Estudo      O Livro dos Espíritos      O Evangelho      A Gênese
O Livro dos Médiuns      Série André Luiz      Educar      Família      
Home > O Livro dos Espíritos
Atributos da Divindade e Panteísmo (Estudo 10 de 193)

       

Centro Virtual de Divulgacao e Estudo do Espiritismo
Lista Estudo-l
============================================================

LE010-Estudo Sintetico do Livro dos Espiritos
LIVRO DOS ESPIRITOS- Allan Kardec, Das causas Primarias,
Parte Primeira, Capitulo I, De Deus ,perguntas 10 a 13.
Tema: Atributos da Divindade e Panteismo.

ATRIBUTOS DA DIVINDADE:
a) "O homem nao pode compreender a natureza intima de Deus,
pois que lhe falta para isso o sentido."
b) A limitacao da inteligencia, a inferioridade de suas
faculdades, suas imperfeicoes o impedem de conhecer a
natureza intima de Deus.
c) "Um dia o homem compreendera o misterio da divindade,
quando nao mais estiver o Espirito obscurecido pela materia.
Quando, pela sua perfeicao, se houver aproximado de Deus,
ele o vera e compreendera."
d) "O homem podera compreender a natureza intima de Deus e
formar ideia de algumas de suas perfeicoes a proporcao que
se elevar acima da materia. Entao as entrevera pelo
pensamento."
e) A razao nos diz que Deus deve possuir em grau absoluto a
perfeicao de todos os seus atributos divinos. Esta acima de
todas as coisas e isento de qualquer vicissitude.
f) "Os atributos de Deus, sob o ponto de vista do homem,
sao:
- Deus e eterno. Se tivesse tido principio, teria saido do
nada, ou, entao, tambem teria
sido criado, por um ser anterior. E assim que
remontamos ao infinito e a eternidade.
- E imutavel. Se estivesse sujeito a mudancas, as leis
que regem o Universo nenhuma
estabilidade teriam.
- E imaterial. A sua natureza difere de tudo o que
chamamos
materia. De outro modo, ele nao seria imutavel, porque
estaria sujeito as transformacoes da materia.
- E unico. Se muitos Deuses houvesse, nao haveria
unidade de vistas, nem unidade de
poder na ordenacao do Universo.
- E onipotente. Ele o e, porque e unico. Se nao
dispusesse do soberano poder, algo
haveria mais poderoso ou tao poderoso quanto ele, que
entao nao teria feito todas as coisas.
- E soberanamente justo e bom. A sabedoria
providencial das leis divinas se revela,
assim nas mais pequeninas coisas, como nas maiores, e
essa sabedoria nao permite se
duvide nem da justica nem da bondade de Deus.
Ha coisas que estao acima da inteligencia do homem
mais inteligente, cuja a linguagem, restrita as ideias
e sensacoes, nao contem meios de exprimir."

PANTEISMO:
a) Deus e um ser distinto e nao resultante de todas forcas
e de todas as inteligencias, reunidas, do Universo. Deus
existe, disso nao se pode duvidar. Se nao existisse seria
efeito e nao causa. Nao devemos penetrar em labirintos donde
dificilmente sairiamos.
b) A doutrina panteista que admite ser todos os corpos da
natureza, todos os seres, todos os globos do universo, parte
da Divindade, reflete um proposito de que nao podendo fazer
Deus, o homem quer, ao menos, ser parte Dele.
c) Revela-se a inteligencia de Deus em suas obras, como a do
pintor nos seus quadros. E como o quadro nao e o pintor
que o concebeu e executou, assim as obras de Deus nao sao o
proprio Deus.

QUESTOES PARA ESTUDO E DIALOGO VIRTUAL:
1 - Pode o homem compreender a natureza intima de Deus?

2 - Podera um dia o homem compreender a natureza de Deus?

3 - Quais atributos podemos deduzir da natureza de Deus?

4 - Quais as diretrizes da doutrina Panteista e porque ela
e contraria a definicao espirita de Deus?
  Conclusão deste estudo 
1998-2015 | CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo