Espiritismo Educação Recursos Ajuda Serviços
Estudos
Salas de Estudo      O Livro dos Espíritos      O Evangelho      A Gênese
O Livro dos Médiuns      Série André Luiz      Educar      Família      
Home > O Livro dos Espíritos
Povoamento da Terra. Adão. Diversidade das raças humanas (Estudo 17 de 193)

       

Centro Virtual de Divulgacao e Estudo do Espiritismo
Sala Virtual Estudo-L

LE017-Estudo Sintetico do Livro dos Espiritos
LIVRO DOS ESPIRITOS- Allan Kardec. Da Criacao. Parte
Primeira, Capitulo III, perguntas 50 a 54.
Tema: Povoamento da Terra. Adao. Diversidade das racas
humanas.

1. Povoamento da Terra - Adao

a) "A especie humana nao comecou por um unico homem. Aquele
a quem chamamos de Adao nao foi o primeiro, nem o unico a
povoar a Povoamento da Terra."
b) "A epoca em que provavelmente viveu Adao, foi cerca de
4000 antes do Cristo."

2. Diversidade das racas humanas

a) "As diferencas fisicas e morais que distinguem as racas
humanas na Terra provem: do clima, da vida e dos costumes.
Da-se ai´ o que se da' com dois filhos de uma mesma mae que
educados longe um do outro e de modos diferentes, em nada
se assemelharao, quanto 'a moral."
b) "O homem surgiu em muitos pontos do globo e em epocas
varias, que tambem constitui uma das causas da diversidade
das racas. Depois, racas humanas dispersando-se os homens
por climas diversos e aliando-se os de uma aos de outras
racas, novos tipos formaram."
c) "Pelo fato de nao proceder de um so´ individuo a especie
humana, os homens nao podem deixar de se considerarem
irmaos, porque todos sao irmaos em Deus, porque sao animados
pelo Espirito e tendem para o mesmo fim."

Questoes para estudo:

1 - Sabemos que Adao nao foi o primeiro ser humano a
habitar a Terra.
Como entao explicar Adao e o paraiso, a luz da Doutrina
Espirita? (sugerimos um estudo no cap. XI, itens 38 e 39 de
A Genese)

2 - Como se explica a diversidade de racas dos seres
humanos?

3 - Tendo em vista a diversidade de racas humanas podemos
considerar a humanidade como sendo todos irmaos ?

  Conclusão deste estudo 
1998-2015 | CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo