Espiritismo Educação Recursos Ajuda Serviços
Estudos
Salas de Estudo      O Livro dos Espíritos      O Evangelho      A Gênese
O Livro dos Médiuns      Série André Luiz      Educar      Família      
Home > O Livro dos Espíritos
O bem e o mal - 2a. Parte (Estudo 106 de 193)

       

LE106 - Estudo Sintetico do Livro dos Espiritos
LIVRO DOS ESPIRITOS- Allan Kardec. Da Lei Divina ou Natural.
Parte Terceira. Capitulo I. Pergunta 638 a 646.
Tema: O bem e o mal - 2a parte

j) O mal recai sobre aquele que foi o causador. Aqueles que
praticam o mal pela posiçao que foram colocados por outros,
tem menos culpa do que os que, assim procedendo, o
ocasionaram. Isto porque cada um será punido, nao só pelo
mal que haja praticado, mas tambem pelo mal que haja dado
lugar.

k) Aquele que nao pratica o mal, mas se aproveita do mal
praticado por outrem é como se houvera praticado.
Aproveitar do mal é participar dele. Talvez nao fosse capaz
de pratica-lo, mas desde que, achando-o feito, aproveita
dele, é que aprova, e que teria praticado se pudesse ou
ousasse.

l) Há virtude em resistir ao mal, principalmente quendo ha
possibilidade de faze-lo. Se apenas ano o pratica por falta
de ocasiao, é culpado quem o deseja.

m) Para agradar a Deus e assegurar sua posiçao futura, nao
basta apenas nao praticar o mal. É preciso fazer o bem no
limite de suas forças, porquanto seremos responsaveis por
todo mal que haja resultado de nao praticar-mos o bem.

n) Não há quem nao possa fazer o bem. Somente o egoista
nunca encontra oportunidade de o praticar. Basta que
estejamos em relaçao com outros homens para que se tenha
ocasiao de se fazer o bem. Porque fazer o bem nao consiste
para o homem, apenas ser caridoso, mas em ser útil, na
medida do possivel, todas as vezes que seu concurso for
necessário.

o) Para certas pessoas o meio em que se encontra representam
a causa de muitos vicios e crimes, mas ainda ai há uma prova
para o espirito, que escolheu, quando em liberdade, para
expor-se a tentacao e ter o merito da resistencia.

p) Quando o homem acha-se mergulhado na atmosfera de vicios,
tem um arrastamento, mas nao irresistivel, porque mesmo
nestes locais, grandes virtudes florescem. Sao os espiritos
que tiveram a força de resistir e tiveram tambem a missao de
exercer a boa influencia sobre seus semelhantes.

q) O merito do bem esta na dificuldade em pratica-lo. Nenhum
merecimento há em faze-lo sem esforço e quando nada custe.

PERGUNTAS PARA ESTUDO E DEBATE VIRTUAL

1 - Basta apenas nao praticar-mos o mal, para crescer-mos
evolutivamente ?

2 - Como fica a situaçao daquele que apenas deseja o mal,
mas nao o pratica ?

3 - Todas as pessoas podem fazer o bem, ou existem aquelas
impossibilidatas disto fazer ?

4 - Como fazer o bem, num ambiente complicado e com varias
influencias negativas ?

Abraços a todos,
Equipe LE
  Conclusão deste estudo 
1998-2015 | CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo