Espiritismo Educação Recursos Ajuda Serviços
Estudos
Salas de Estudo      O Livro dos Espíritos      O Evangelho      A Gênese
O Livro dos Médiuns      Série André Luiz      Educar      Família      
Home > O Livro dos Espíritos
Crueldade (Estudo 126 de 193)

       


a) A crueldade é o que tem de pior no instinto de destruição. A destruição
constitui uma necessidade. Mas, o mesmo não se dá com a crueldade, que
é sempre resultado de uma natureza má.

b) Nos povos primitivos, a crueldade predomina, face à preponderância da
matéria sobre o espírito. Como não experimentam outras necessidades senão
as da matéria, o instinto de conservação os torna, em geral, cruéis. Além disso,
estes povos se conservam sob o império de espíritos igualmente pouco
evoluídos, que com eles se afinizam, até que venham se libertar dessa influência.

c) A crueldade é conseqüência do atraso no desenvolvimento do senso moral.
Tanto no homem cruel como nos selvagens, embora o possuam, o senso moral
se encontra em estado rudimentar. À medida que vão desenvolvendo este
senso, neutralizam os instintos materiais, tornando-se bons e humanos.

d) Kardec comenta que todas as faculdades existem no homem e se desenvolvem
conforme as circunstâncias. Porém, explica que o desenvolvimento excessivo de
umas detém ou neutraliza o das outras. Com a evolução do senso moral, o homem
enfraquece, pouco a pouco, as faculdades puramente animais.

e) No seio das civilizações mais adiantadas, pode-se encontrar espíritos tão cruéis
quanto os selvagens, que encarnam entre homens adiantados como meio de também
se adiantarem. Não conseguindo vencer a prova, deixam predominar a natureza
primitiva.

f) Com o progresso da humanidade, os espíritos em quem ainda domina o instinto
do mal irão desaparecendo gradualmente. Mas renascerão sob outros invólucros,
com mais experiência, que o farão compreender o bem e o mal. À exemplo das
plantas e dos animais, que o homem conseguiu aperfeiçoar, desenvolvendo neles
novas qualidades, estes espíritos também progredirão. Serão necessárias, contudo,
muitas gerações para que esse desenvolvimento se torne completo.


QUESTÕES PARA ESTUDO E PARTICIPAÇÃO

1) Pode-se justificar a crueldade como necessidade imposta pela Lei de Destruição?

2) Qual a explicação para o fato de a crueldade predominar nos povos primitivos?

3) Podemos dizer que o homem cruel não possui senso moral?

4) Por que Deus permite a existência de seres cruéis no seio de civilizações adiantadas?

5) É inevitável a crueldade no meio da sociedade?


  Conclusão deste estudo 
1998-2015 | CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo