Espiritismo Educação Recursos Ajuda Serviços
Estudos
Salas de Estudo      O Livro dos Espíritos      O Evangelho      A Gênese
O Livro dos Médiuns      Série André Luiz      Educar      Família      
Home > O Livro dos Espíritos
Caridade e amor ao próximo (Estudo 153 de 193)

       


a) Benevolência para com todos, indulgência para as imperfeições alheias, perdão das ofensas.

b) A caridade, segundo Jesus, não se restringe à esmola, mas abrange todas as relações com os nossos semelhantes, quer se trate de nossos inferiores, iguais ou superiores.

c) Ser indulgentes, porque temos a necessidade de indulgência.

d) O homem verdadeiramente bom procura elevar o inferior aos seus próprios olhos, diminuindo a distância entre ambos.

e) Amar aos inimigos é perdoá-los e pagar-lhes o mal com o bem.

f) Não é a esmola que é censurável, mas quase sempre a maneira por que ela é dada.

g) O homem de bem, que compreende a caridade segundo Jesus, vai ao encontro do desgraçado sem esperar que ele lhe estenda a mão.

h) A verdadeira caridade é sempre boa e benevolente; tanto está no ato quanto na maneira de fazê-la. Um serviço prestado com delicadeza tem duplo valor, se o for com altivez, a necessidade pode fazê-lo aceito mas o coração mal será tocado.

i) A ostentação apaga aos olhos de Deus o mérito do benefício.

j) Amai-vos uns aos outros, eis toda a lei, divina lei pela qual Deus governa os mundos.

k) Não olvideis jamais que o Espírito, qualquer que seja o seu grau de adiantamento, sua situação como reencarnado ou na erraticidade, está sempre colocado entre um superior que o guia e aperfeiçoa e um inferior perante o qual tem deveres iguais a cumprir.

l) Sede caridodos, não somente dessa caridade que vos leva a tirar do bolso o óbolo que friamente atirais ao que ousa pedir-vos, mas ide ao encontro das misérias ocultas. Sede indulgentes para com os erros dos vossos semelhantes.

m) Em lugar de desprezar a ignorância e o vício, instruí-os e moralizai-os.

n) É da boa educação moral que depende o melhoramento da Terra.


Questões iniciais para o diálogo em estudo da semana:


01) Qual o verdadeiro sentido da caridade?

02) Como devemos praticar a caridade?

03) Há diferença entre caridade moral e caridade material? Qual é? Por que?
  Conclusão deste estudo 
1998-2015 | CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo