Espiritismo Educação Recursos Ajuda Serviços
Estudos
Salas de Estudo      O Livro dos Espíritos      O Evangelho      A Gênese
O Livro dos Médiuns      Série André Luiz      Educar      Família      
Home > O Livro dos Espíritos
Das Paixões (Estudo 157 de 193)

       

a) O princípio das paixões foram dados ao homem para o bem e podem conduzí-lo a grandes coisas. O abuso a que ele se entrega é que causa o mal.

b) Uma paixão torna-se perniciosa no momento em que se a deixa de governar, quando resulta num prejuízo para nós ou para outro.

c) As paixões ajudam o homem a cumprir os desígnios da Providência.

d) Se o homem, ao invés de as dirigir , se deixa ser dirigido por elas, cai no excesso e ao invés de fazer o bem acaba sendo esmagado .

e) Todas as paixões têm seu princípio num sentimento ou numa necessidade da Natureza. O princípio não é portanto um mal, mas tem condições providenciais.

f) A paixão propriamente dita é o exagero de uma necessidade ou de um sentimento, está no excesso e não na causa.

g) Toda paixão que aproxima o homem da natureza animal distancia-o da natureza espiritual. Todo sentimento que eleva o homem acima da natureza animal anuncia o predomínio do Espírito sobre a matéria e o aproxima da perfeição.

h) O esforço próprio e a vontade são elementos para se vencer as más tendências e as paixões.

i) A oração é meio importante para o recebimento de ajuda , de auxíluo para superar as paixões.

j) A Abnegação é o meio mais eficaz para se combater a predominância da natureza corpórea.


QUESTÕES PARA ESTUDO E PARTICIPAÇÃO:

1 - O princípio da paixão tem qual finalidade?

2 - Quando a paixão se torna negativa? Por que?

3 - Existe diferença entre o princípio da paixão e a paixão propriamente dita? Qual é a diferença? E Quais as consequências dela?

4 - Quais as formas que podemos e devemos utilizar para combater a falta de direção quanto às paixões e às más tendências?

  Conclusão deste estudo 
1998-2015 | CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo