Espiritismo Educação Recursos Ajuda Serviços
Estudos
Salas de Estudo      O Livro dos Espíritos      O Evangelho      A Gênese
O Livro dos Médiuns      Série André Luiz      Educar      Família      
Home > O Livro dos Espíritos
Natureza das penas e gozos futuros (1a.part e) (Estudo 172 de 193)

       

a) Nada têm de carnal as penas e gozos da alma depois da morte.

b) O homem faz uma idéia bastante grosseira da vida futura.

c) A felicidade dos bons espíritos consiste em conhecerem todas as coisas.

d) A satisfação causada pelas necessidades materiais é apenas um gozo animal, que o homem passa nos estágios mais grosseiros de sua evolução.

e) Os puros não vivem uma vida de contemplação; dão emprego útil à inteligência que aprenderam.

f) Os espíritos inferiroes desejam todos os gozos, sem poder obtê-los, ai está sua tortura.




QUESTÕES PARA ESTUDO E PARTICIPAÇÃO:

1 - Por que a alma depois da morte não pode experimentar gozos materiais? E por que os gozos experimentados depois da morte são mais "vivos" do que os experimentados enquanto encarnado?

2 - Qual é a felicidade dos bons espíritos?

3 - Levando em conta os vários níveis de evolução dos espíritos, podemos dizer que só os puros espíritos são felizes? Comente

4 - A ausência das necessidades materiais é uma das causas da felicidade dos espíritos superirores. Porém a realização dessas necessidades é uma das fontes de "felicidade" dos homens. Relacione e comente essas afirmações.

5 - "Não creais, todavia, que os Espíritos bem-aventurados estejam em conteplação por toda a eternidade." O que os espíritos quiseram dizer com essa frase? E o que os espíritos bem-aventurados fazem então?

6 - Fale sobre os sofrimentos dos espíritos inferiores. Esse sofrimentos são reais? E quais são as suas verdadeiras causas?


  Conclusão deste estudo 
1998-2015 | CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo